Hotinhas
segunda-feira , 14 de maio de 2018
MUSEU DA MEMÓRIA DO TRABALHISMO BRASILEIRO RECEBE EXPOSIÇÃO

A transformação da vida, da matéria e dos objetos ao longo do tempo é o fio condutor da mostra “Ação do Tempo”, que reúne obras dos artistas visuais Anderson de Souza, André Sodré e Antônio Geraldo. Serão fotografias, quadros e instalações que estarão disponíveis para visitação do público entre os dias 14 e 18 de maio, no Museu da Memória do Trabalhismo Brasileiro, na Vila Santa Cecília. A entrada na exposição é gratuita, com agendamento especial para escolas e grupos.

O museu preparou uma programação especial para a abertura da mostra Ação do Tempo. Além da exposição, o evento vai sediar um encontro de artes com sarau de poesia e músico ao vivo com o Lado B, dos músicos Douglas Malharo e Kika Monteiro. A abertura acontece na segunda-feira, 14 de maio, a partir das 18h.

A curadoria da exposição é do artista visual Anderson de Souza, responsável por convidar os demais artistas e reunir as obras. “Apesar do André e do Antônio serem amigos e grandes artistas, a gente nunca havia feito uma exposição juntos. Por eu conhecer a obra dos dois, percebi que, mesmo utilizando linguagens diferentes, em determinado momento, estávamos discutindo a mesma coisa em nossos trabalhos, e dai surgiu a ideia de convida-los.” explica Anderson.

André Sodré apresenta  sua série de fotografias em preto e branco  intitulada “Seco”, que desenvolve um pensamento sobre a ação do tempo.  "As fotos provocam uma reflexão sobre a fragilidade da existência, através de imagens de galhos e fragmentos de plantas mortas ou em decomposição. Com isso, faço um recorte sobre a banalidade do tempo, do vigor e dos sentimentos de vida e morte.” acrescenta o fotógrafo.

Antônio Geraldo apresenta obras produzidas em 2017, feitas com a técnica de oxidação. Nos trabalhos, que incluem quadros e instalações, o público poderá presenciar o "enferrujamento" e a transformação da matéria. "Esses são meus trabalhos mais novos e frutos de um amadurecimento da minha trajetória." diz o artista.

Já o artista visual Anderson de Souza exibirá quadros feitos sobre pedaços de folhas de cartazes envelhecidas retiradas das ruas. "O objetivo desta minha série é mostrar que o papel urbano e a pele  humana desgastam com o tempo".

A presidente do museu  que recebe a mostra, Angela do Bem, destaca a necessidade de valorizar a produção cultural de Volta Redonda. “Este é um momento muito especial para a produção artística da cidade. E nós, do Museu da Memória do Trabalhismo Brasileiro, temos a imensa satisfação de fortalecer o que nos une e identifica, que é a criatividade de nossa gente”, afirmou Angela. 

Para Kika Monteiro, uma das fundadoras do museu e ex-presidente do ClubeFoto, o museu está cumprindo sua função social de incentivar o olhar crítico sobre o passado, visando manifestações artísticas de vanguarda. “Queremos que este evento seja marcante para toda a cidade”, disse Kika. 

 

Exposição “Ação do tempo” Anderson de Souza, André Sodré, Antônio Geraldo.

Data: de 14 a 18 de maio

Local: Museu da Memória do Trabalhismo Brasileiro

Endereço:  Rua 19, n 21, Vila Santa Cecília, Volta Redonda.

Horário: de 9h as 18h

Agendamento para escolas ou grupos: pode ser feito pelos telefones (24) 3342 6450 ou (24) 99932 4489.

 

Abertura da Exposição “Ação do tempo”

Data: 14 de maio (segunda-feira)

Horário: 18h

Local: Museu da Memória do Trabalhismo Brasileiro

Entrada: gratuita

Atrações: encontro de artes com sarau de poesia e música ao vivo com Lado B, dos músicos Douglas Malharo e Kika Monteiro.

 
ACESSE
 
Home
Fábio Soares
Clicks Vip
Hotinhas
Redes Sociais
Contato
CONTRATE
 
Notas Sociais
Anúncio
Promoções no Site
Cobertura Social
Vitrine VIP
FALE COM O FÁBIO
 
Dúvidas
Sugestões
Mensagens
Fábio Soares 2018 - Todos os direitos reservados.
a b c d d e f g h i j