Carpediem
sexta-feira , 18 de novembro de 2016
LOS ANGELES - PARTE 1 (HOLLYWOOD)

Por: Brena Lacerda

Los Angeles foi outra parada da roadtrip que a minha amiga Amanda e eu fizemos na Califórnia (+ Nevada e Arizona). Nós começamos em San Francisco, passamos pelo Lake Tahoe (do qual eu falei no mês padda), Santa Bárbara, Malibu (parte 2) e chegamos à Los Angeles.

A Cidade dos Anjos é famosa, linda, incrível, e é o sonho de quase todo mundo visitar. Não foi diferente pra gente. A Amanda, principalmente, só falava disso. Ela tinha fotos planejadas, assim como cada pedacinho do nosso dia lá. Los Angeles nos remete, imediatamente, à celebridades, certo? Mas, olha, é muito mais que isso. LA é a segunda cidade mais populosa dos Estados Unidos e é composta por um série de mini-cidades, como Malibu, Beverly Hills, Santa Monica e Venice. Além das coisas que a própria cidade oferece, ainda tem um milhão de parques, shoppings, praias, estúdios a serem explorados. Infelizmente, as coisas saíram do nosso controle durante a nossa estadia lá e não pudemos fazer tudo o que tínhamos planejado - mas ainda foi incrível!

Chegamos em Los Angeles no fim da tarde, após passarmos o dia em Malibu e Santa Bárbara. Nosso hostel se chamava Banana Bungalow e fica na Hollywood Boulevard, a principal avenida de Hollywood (onde fica a Calçada da Fama). Eu amo albergues! Amo poder conhecer gente nova, ficar de papo, aprender coisas, refeições coletivas, enfim - amo hostels! O Banana Bungalow foi, provavelmente, o hostel mais divertido em que já me hospedei. Chegamos em noite de festa open bar! Subimos para o nosso quarto misto (acreditem ou não haha), fizemos amizade com um alemão meio tímido e descemos para a festa. Gente, que ambiente delicioso! A maior parte dos hóspedes eram atores ou cantores, que estavam na cidade para audições ou entrevistas, então a festa se transformou numa noite de karaokê, com gente muito bêbada e feliz.

O alemão, cujo nome a gente não consegue lembrar - vamos chamá-lo de Ian. Pois bem, Ian passou horas conversando comigo, fazendo perguntas, pegando as minhas cervejas, não saindo do meu lado. Ele era legal, tinha papo, várias histórias, um sotaque engraçado e realmente achava que ia rolar alguma coisa entre a gente haha! Coitado.. foi bem desapontador pra ele, quando o Jon me ligou e eu disse "desculpa, é meu namorado, preciso atender". Nunca mais vi o Ian depois que voltei pra festa! hahaa

No dia seguinte, acordamos cedo porque a Amanda tinha o dia planejado. A primeira parada seria o letreiro de Hollywood, que fica no alto de um morro. Não sei por que, eu tinha a impressão de que poderíamos chegar mais perto de carro, mas era ilusão haha! Para quem vai ao letreiro para fazer fotos, o endereço que se deve ter em mãos (ou no GPS) é 3400 N. Beachwood Drive, Los Angeles, CA 90068. Você vai deixar o seu carro no final desta rua e fazer o resto do percurso a pé. Mas, se prepare, porque é uma caminhada de 4,5km ida e volta, sendo que a ida é só subida. A trilha vai te levar ao Sunset Ranch, daí você só precisa virar à esquerda e continuar subindo. Depois de, mais ou menos, meia hora de caminhada, já é possível ver o letreiro e conseguir fotos decentes, mas o quão perto você vai chegar depende só de você e da sua disposição para continuar subindo. Infelizmente, não é possível tocar no letreiro. Ouvi dizer que existe um caminho por trás, onde você consegue chegar bem perto, mas ainda assim é separado do letreiro por uma cerca.

As coisas começaram a ficar complicadas, quando eu me dei conta de que não tinha jeito - eu não tinha aptidão física para chegar tão perto quanto a Amanda queria ir. Juro que tentei, fui parando, descansando, mas, em certo ponto, desisti. Parei em um lugar em que já podíamos conseguir uma foto legal, pedi mil desculpas para ela mas disse que não conseguiria ir mais alto. Ela não gostou haha! Ficou chateada comigo, e eu até entendo. Estar ali era o sonho dela e eu estava o tornando menos perfeito. Então fizemos as nossas fotos por ali mesmo, com cara de cansada mesmo, e descemos.

Nós seguimos então para Beverly Hills, aquele lugar lindo! A Amanda ainda estava chateada, então foi uma parte um pouco complicada do dia. Mas, depois, conversamos, e as coisas voltaram ao normal. Acabei encontrando uma amiga e ex-colega de trabalho em frente ao letreiro de Beverly Hills sem nem combinar. Sabíamos que estávamos ambas em LA, mas perdemos contato naquele dia, então encontrá-la ali foi uma grata surpresa. Nesse ponto, a saudade de casa já estava apertando tanto, então foi muito gostoso vê-la.

Em Beverly Hills existe uma rua repleta de lojas de grife chamada Rodeo Drive. Eu nunca me senti tão pobre na vida, gente! É tudo lindo, chique, elegante demais! Eu estava turistando demais, tirando foto das lojas em que eu nunca vou entrar, e achando tudo muito incrível! No final da Rodeo Drive fica o Beverly Wilshire Hotel, onde Uma Linda Mulher foi filmado. Pensa bem na emoção de estar ali

Depois entramos no carro e seguimos para a Calçada da Fama

O Observatório fica no 2800 E Observatory Rd, Los Angeles, CA 90027, e abre todos os dias de meio dia às 10 da noite. Lá, os visitantes podem olhar através de telescópios e assistir shows e exibições sobre astronomia. Quando, finalmente, chegamos lá, a Amanda abriu porta-malas para pegar a mochila dela e não estava lá. Foi quando ligamos os pontos e percebemos que alguém tinha aberto o nosso carro na Calçada da Fama e levado a mochila dela. Aquilo foi o fim para a Amanda, e repercutiu em todo o resto da viagem. Na mochila estavam a carteira dela, com todos os documentos, cartão de crédito da host mom, carteira de motorista e várias outras coisas, a câmera GoPro 4 Hero Silver que ela tinha comprado com tanto trabalho, aparelho dentário, colar de ouro e várias outras coisinhas. Foi muito triste ver o desespero dela, e não ter muito o que fazer a respeito. Nós ficamos para ver o pôr-do-sol e depois seguimos para a delegacia para fazer um BO, e conseguir algum documento para a Amanda conseguir entrar no avião para casa depois, já que a identidade dela estava na carteira furtada. Foram algumas horas de bastante estresse, mas conseguimos o documento com a LAPD, que nos atendeu super bem.

Voltamos, então, para o hostel porque a noite tinha acabado para a Amanda. Era noite da lasanha lá! E a Amanda ganhou um pedaço de graça, porque todo mundo ficou com dó dela. Na manhã seguinte, saímos em direção a Las Vegas, mas isso é outra conversa.

Eu sinto que ficou muita coisa pra ser vista em LA, e eu gostaria de voltar lá um dia, para ter uma experiência mais profunda da cidade, visitar os estúdios, ficar mais tempo. A Amanda me autorizou a contar detalhes da história, porque, de acordo com ela, ela já superou todo o trauma daquele dia haha! Tadinha! Mas acho que, no fim das contas, foi uma felicidade muito grande ter conhecido Los Angeles, mesmo que as coisas não tenham ido tão bem. Era o sonho dela! E é importante lembrar que, mesmo que os sonhos se realizem, eles nem sempre vão ser tão perfeitos quanto a gente imaginou - a realidade tem dessas coisas.

 
ACESSE
 
Home
Fábio Soares
Clicks Vip
Hotinhas
Redes Sociais
Contato
CONTRATE
 
Notas Sociais
Anúncio
Promoções no Site
Cobertura Social
Vitrine VIP
FALE COM O FÁBIO
 
Dúvidas
Sugestões
Mensagens
Fábio Soares 2019 - Todos os direitos reservados.